terça-feira, 8 de maio de 2018

Discalculia: Quando a dificuldade com a matemática é um distúrbio de aprendizagem



Trata-se de uma condição que dura por toda vida de um indivíduo. A discalculia torna difícil para as crianças realizar tarefas relacionadas a matemática. Não é tão conhecido ou compreendido como a dislexia. Mas alguns especialistas acreditam que é tão comum quanto.
Não se sabe com certeza se a discalculia é mais comum em meninas ou em meninos. Mas a maioria dos especialistas concorda que é improvável que haja alguma diferença significativa.
Crianças com este problema de aprendizagem têm problemas com muitos aspectos da matemática. Muitas vezes eles não entendem quantidades ou conceitos como o maior contra o menor. Eles podem não entender que o número 5 é o mesmo que a palavra cinco. (Essas habilidades às vezes são chamadas de sentido numérico).
Crianças com discalculia também têm problemas com a mecânica de fazer matemática, como ser capaz de recordar fatos de matemática. Eles podem entender a lógica por trás da matemática, mas não como ou quando aplicar o que sabem para resolver problemas de matemática. Eles também lutam com a memória de trabalho. Por exemplo, eles podem ter dificuldade em manter os números em mente ao fazer problemas de matemática com várias etapas.
A discalculia passa por muitos nomes. Algumas escolas referem-se a ela como uma deficiência de aprendizagem em matemática. Os médicos às vezes a chamam de desordem matemática. Você pode até ouvir crianças e os pais chamando de dislexia matemática. (O termo dislexia matemática não é correto, uma vez que a discalculia e a dislexia não são a mesma coisa).
Sinais e Sintomas de Discalculia
A discalculia pode causar diferentes tipos de dificuldades matemáticas. Portanto, os sintomas podem variar de criança para criança. Observar seu filho e tomar notas para compartilhar com professores e médicos é uma boa maneira de encontrar as melhores estratégias e apoio para seu filho.
Discalculia muitas vezes parece diferente em diferentes idades. Ele tende a se tornar mais aparente quando as crianças envelhecem. Mas os sintomas podem aparecer tão cedo quanto a pré-escola. Aqui está o que procurar:
Pré-escola
  • Tem dificuldade em aprender a contar e ignorar números muito tempo depois que as crianças da mesma idade podem se lembrar de números na ordem correta.
  • Apresenta grande dificuldade para reconhecer padrões, como menores a maiores ou mais altos a mais curtos.
  • Tem problemas para reconhecer símbolos numéricos (dificuldade para compreender  que “7” significa sete).
  • Não parece entender o significado da contagem.

Ensino Fundamental

  • Tem dificuldade em aprender e lembrar fatos matemáticos básicos, como 2 + 4 = 6.
  • Sofre para identificar +, – e outros sinais, e para usá-los corretamente.
  • Pode ainda usar os dedos para contar em vez de usar estratégias mais avançadas, como a matemática mental.
  • Luta para entender palavras relacionadas a matemática, como maior e menor que.
  • Tem problemas com representações visuais e espaciais de números, como linhas numéricas.

Ensino médio

  • Tem dificuldade em entender valores
  • Tem problemas para escrever números claramente ou colocá-los na ordem correta.
  • Tem problemas com frações e com medidas
  • Encontra dificuldade em acompanhar a pontuação em jogos esportivos.

Universidade e vida adulta

  • Luta para aplicar conceitos de matemática ao dinheiro, incluindo estimar o custo total de uma compra, fazer mudanças exatas e descobrir uma dica.
  • Tem dificuldade em entender as informações mostradas em gráficos ou planilhas.
  • Tem dificuldade em medir coisas como ingredientes em uma receita simples ou líquidos em uma garrafa.
  • Tem problemas para encontrar abordagens diferentes para o mesmo problema de matemática.
  • Dificuldade em compreender o tamanho, medir uma distância ou quantidade de uma determinada substância.
A discalculia pode criar desafios em mais áreas além do aprendizado. Ela pode afetar também as habilidades diárias como interações sociais e gerenciamento de tempo.

Como os profissionais podem ajudar na Discalculia

Diferentes tipos de profissionais podem ajudar as crianças com discalculia de diferentes maneiras. Alguns podem trabalhar em um ambiente escolar, enquanto outros trabalham em ambiente privado.
Aqui estão alguns tipos de profissionais que podem ajudar seu filho:
  • Professores de educação especial
  • Tutores de matemática ou terapeutas educacionais
  • Psicólogos infantis
  • Psicopedagogos
  • Neuropsicólogos
Fonte: vittude.com 

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Campanha: Alerta sobre o uso excessivo de celular


Uma campanha na internet orienta  pais e responsáveis sobre o uso excessivo de celular. Na maior parte do tempo, ao invés do adulto interagir com a criança, está dando prioridade a outras coisas, como por exemplo, viver no mundo virtual. O vídeo traz uma discussão importante para dentro dos nossos lares! Vale a pena assistir e refletir sobre o assunto.


quinta-feira, 8 de março de 2018

Homenagem do blog a todas as mulheres!

"Mulher...
Que sejas sempre lembrada,
não apenas por um dia,
mas no dia a dia...
Que sejas festejada,
não por convenção,
mas pelo seu valor,
sua força, seu coração.
Que sejas respeitada
com todo carinho,
e todo amor...
Hoje e sempre!".
Valéria Milanês